– Oitava Série. CMAQ

"A poesia é a mínima distância entre o sentimento e o papel" – Levi Trevisan

Aventura

leave a comment »

Era uma vez um gato energúmeno e cafajeste que estava saindo de um centro de catequese, debaixo de um grande mormaço, porque seu dono foi se catequizar. Quando estava saindo avistou um motobói e um cachaceiro ensurdecedor que estavagritando para os céus com muita repercurção. Andando pelas ruas o gato tambémavistou uma assembléia em que muitas pessoas estavam a cochichar, o gato rechonchudo também observou uma figura psiforme a qual o atraiu de fome para um velho trapiche, mas chegando lá viu apenas uma mosca varejeira. Irritado com a mosca teve vontade de deteriorar o inseto com firmeza mas foi embora e da calçada avistou um homem rebuço, psicosociale ulcerosocom um grande torax e que vendia também carne de vacas rizófagas. Chegando perto da mesa de carnes o gato aporrinhou um pedaço de uma vaca que parecia ter apoplexia a arteriosclerose, correu para a outra parte do estabelecimento através de um passadiço. O local era um tipo de reservatório, havia um cartuchame sobre uma das mesas, um calhamaço de folhas de outono num canto e pela janela avistava uma bela estrada cheia de cocurutos. E depois de todo quele esforço o gato sentiu uma grande lassidão que o fez lembrar que um homem havia dito a mesma palavra mas porque havia feito uma disseminação, e logo após esse dia de aventuras o gato adormeceu.

Paola C.

Written by oitavacmaq

Outubro 26, 2009 às 5:31 PM

Publicado em Uncategorized

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: